segunda-feira, 2 de setembro de 2013


“Palavra Final!”



“...Será preciso, contudo, ser cauteloso ter equilíbrio, com aquilo que fizer,
e no que acreditar; é necessário que não tenha medo da própria sombra,
e que aja com prudência e humanidade, de modo que o excesso de
confiança não o torne incauto, e a desconfiança excessiva não o faça intolerante...!”

Niicolló Maquiavelli


Em todos os segmentos, classes e categorias existem os bons e os maus profissionais. Já conheci e conheço muitos médicos que não honram seus jalecos, mas também conheço muitos que são verdadeiros anjos na terra a salvar e curar vidas, muitos deles trabalhando em péssimas condições...

Somos um país de dimensões continentais, com uma infinidade de culturas, raças e credos, comandados e dominados por um sistema centralizador, corrupto e ineficiente. Essa diversidade de pessoas torna impossível a união em torno de um ideal e a concordância sobre um assunto, por isso tanta discussão e pouca ação. Além disso, nosso país precisa de mais escolas de base, escolas técnicas e escolas militares.

Precisamos de mais infraestrutura, tanto rodoviária como, principalmente, ferroviária e hidroviária... Mais investimento em energia limpa, internet, ciência e tecnologia...
Somos o país mais rico do mundo em produção agrícola, mas nossos produtores tem que jogar as sementes no chão porque não tem onde estocar...
Não temos depósitos de grãos, mas teremos os melhores e mais caros estádios de futebol do mundo... Nossas leis são um fiasco...
Sob o intuito de proteger o cidadão e a criança, protegem única e exclusivamente o meliante e formam novos bandidos... Proíbem as crianças de trabalhar, como se todo o trabalho infantil fosse escravo, esquecendo que trabalho e estudo juntos, são a melhor escola na vida de um adolescente...

Nossas Prefeituras gastam milhares de reais em transporte escolar para tirar os jovens do interior e trazê-los para as cidades, mas não investem um centavo na construção de escolas técnicas no interior que poderiam melhorar a produção agrícola e segurar o homem no campo...

Temos carência de mão-de-obra qualificada e excesso de encargos para quem oferta emprego... Nosso sistema eleitoral é falho, tendencioso e inócuo na eliminação dos maus políticos... Não precisamos de político algum para nos dizer o que temos de fazer, ou como fazer... Diminuam a extorsiva carga tributária que pesa sobre nós que saberemos muito bem onde e como aplicar o dinheiro...

Melhorem o acesso às nossas universidades, sem essa balela de cotas, mas premiando os melhores alunos do ensino médio para que sirvam de exemplo e estimulem outros a fazer o mesmo... Pessoalmente sou contra a vinda de estrangeiros para trabalhar aqui, sejam eles médicos ou outros quaisquer...
Sou contra a vinda dos cubanos, não por serem médicos, mas por acreditar que a questão vai muito além da saúde, pois duvido que este nosso governo esteja preocupado com isso... Basta ver como estão nossos hospitais... Hoje são eles, amanhã poderão ser engenheiros, depois professores, etc...

Pois assim como os médicos, também não iria trabalhar em locais sem as mínimas condições, por mais que o salário fosse bom... E por que logo de Cuba?
Cuba não é um lugar confiável, muito menos que sirva de exemplo para alguma coisa neste mundo... Muito pelo contrário, é uma ilha / favela / prisão e quando fiquei sabendo que nosso digníssimo "governo" vai mandar dinheiro para aquele sistema socialista, com a desculpa de contratar "médicos", fiquei mais indignado ainda, pois é o dinheiro fruto do meu trabalho que está indo para lá...

Se estiver certo ou errado em minha posição, o tempo dirá quem estava com a razão e antes que perca algum de meus raros amigos numa discussão sem fim, vou parar de falar ou comentar sobre o assunto ...
 Que Deus nos abençoe!!! 

Dos pensamentos de meu amigo João Luis Theis
São Miguel do Oeste – SC –