segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

#PensarNaoDoi:

 
 
 
 
 
As Nossas (caras) Instituições?


 
"...A justiça é a primeira virtude das instituições sociais, como a verdade o é dos sistemas de pensamento...!"
John Rawls

Mas o que são as tais de Instituições? –genericamente tão falada, comentada e cobradas-.
Fácil: Qualquer bom dicionário (meu mestre de linguistica dizia que só se consulta um dicionário quem tem preguiça de pensar). Não estou utilizando meu mestre a qualquer um dos leitores. Por favor! Apenas para ficar um pouco mais fácil nosso diálogo.
Uma instituição em uma boa definição é:
Organizações ou mecanismos sociais que controlam o
funcionamento da sociedade e, por conseguinte,
dos indivíduos, mostram-se de interesse social, uma vez
que refletem experiências quantitativas e qualitativas dos
processos socioeconômicos. Organizadas sob o escopo
de regras e normas, visam à ordenação das interações entre os indivíduos e entre estes e suas respectivas formas organizacionais.
Com outras palavras, as instituições sociais tem seu papel
fundamental no processo de socialização, ou seja, tem como
objetivo fazer um indivíduo tornar-se membro da sociedade.
Temos isso no Brasil? Sim. Temos. Muitíssimo bem organizadas. Mas funcionam? Bem agora é outra discussão.
O brasilês confia em suas instituições? Sim e não. Sim no formato construído para uma sociedade organizada e funcional.
Não da forma que estão sendo IN gerenciadas (lembrando que a partícula IN é sempre negação em nossa amada língua pátria).
Mas por que não funcionam? Por que perdemos a confiança?
Em uma explicação vulgar seria a de que foram “tomadas” por um sistema genérico, falido, fraquíssimo que ainda teimam em chamar de “socialismo”. Ou de outra forma um ”comunismo” disfarçado.
Puxa... Estou sendo forte e cruel? Não. Apenas realista. Primeiro você precisa entender profundamente oque significa socialismo. O pensador, escritor e filósofo Olavo de Carvalho costuma dizer simplificadamente:


 -Se você leu Marx... Mas só leu e não entendeu você é um socialista.
- Se você leu Marx, entendeu e compreendeu perfeitamente você jamais será um socialista.
Tá mas e daí o que tem a ver, conosco. Aqui no Brasil?
Muito e tudo. Primeiro este sistema dito “socialista” pelos que estão no “poder” não é socialismo. É Leninismo. Sim aquele “tal de “líder” russo que criou o tal de “Decálogo de Lenin”. É isto que seguem os chamados “socialistas” em nosso país. Portanto não são socialistas são “leninistas”. Através deles, em um projeto de longo prazo – sim, tem mais de 50 anos- foram implementando... Devagarinho... Aos pouquinhos.. Sem nos darmos contas. Bem, ao menos em sua grande maioria. Pois uns poucos pensadores sabiam exatamente o que estava acontecendo. E falavam.
Como Olavo de Carvalho e muitos outros. Mas como eram minoria foram deixados, digamos, “de lado“ e até, muitas vezes “escarnecidos”, “vaiados”, chamados de “loucos” e outros adjetivos que, estas pessoas, bem se lembram.
Eis o que se chama de processo de “desinformação”.
Como assim “desinformação”?


Simples: Lá, no tal de “dicionário”, está assim:
- Ato ou efeito de desinformar; Utilização de técnicas de informação para induzir em erro ou esconder um fato, por isso são,  também, chamados de factoides; e desconhecimento da informação.
Mas se temos todas estas instituições organizadas porque elas não funcionam?
Bem, como pesquisador e apaixonado pelo Brasil podem dar algumas linhas... Olavo de Carvalho, certamente, teria a resposta correta para tudo isto.
Elas não funcionam exatamente porque foram “tomadas” e aqui se leia “compradas”. Exatamente,
Senão vejamos:
Em nossa suprema corte, o STF, talvez se salvem dois outros ministros que se pode dizer que ainda não “penderam” para este outro lado “obscuro”. O restante, não coloco nem o dedinho próximo do fogo.
E o Congresso? Nossa casa maior e representativa?
A mesma resposta: salvo duas ou três raras exceções, ninguém se salva,
E estas exceções por seus bons discursos, por ainda não terem conseguido “compra-las”, e por alimentarem uma “vaidade exacerbada”.
Nestes dias um amigo me perguntou:
- Profe o que falta fazer? Por que não estamos fazendo nada?
Estamos fazendo nobre amigo, mas somos uma “turba” espalhada, até com os mesmos pensamentos e ideais, mas soltas, sem uma liderança.
E temos esta liderança?
Infelizmente não temos.
Meu amado luso/brasilês Fernando Pessoa costuma dizer: (...) Precisar de dominar os outros é precisar dos outros. O chefe é um dependente...
Mas e agora... Se não temos um líder em quem confiar.
Pretensiosamente diria que temos duas instituições em que ainda o Brasilês confia sua alma.
Uma delas vem demonstrando isso, por cada um de seus agentes que é a Policia Federal.
 


Mesmo, que segundo informações de uma amado amigo desta maravilhosa instituição, eu tenha o desprazer de saber que cerca de 250 agentes, escrivães e patiloscopistas deixam a Policia Federal todo o ano...
Ele mesmo me confidenciou: Confesso que já cogito a possibilidade...
Espero que meu amigo mantenha-se forte, pois precisamos de todos os agentes da Policia Federal tão maltratada no Brasil.
Mas porque nossos valorosos agentes estão assim: Ah, perdão, estava esquecendo um dado tristíssimo: A nossa Polícia Federal tem o mais alto índice de suicídios do mundo (equiparando-se aos seus iguais nos países de primeiro mundo).
Mas porque tudo isso:
Simples: Perseguidos, assédios morais de delegados que tem “cargos” de chefias determinados pelo “governo” e assim, investindo-se de um falso “endeusamento” fazem isso com seus pares. Com isso o ambiente torna-se insustentável.
Mas e dai, só temos a Policia Federal para confiar?
Sim, temo-la e temos as Forças Armadas Brasilesas. Nossas FFAAs.
Temos nossa “Mão amiga – Braço Forte”, nosso valoroso Exército Nacional.
Mas você poderá argumentar que também as forças armadas estão “tomadas”.
Não. Afirmo isso. Talvez alguns de seus integrantes, por fracos, estejam “traindo” às armas que juraram. Mas o restante não. Tenham a certeza disso.
Mas então se as Forças Armadas são confiáveis porque Elas não “arrumam” tudo isso?
Em um dos cursos da ESG e ADESG fiz esta pergunta a um General (de carreira) que foi palestrante durante o intervalo.
- Digo-te, meu jovem: Vou repetir a famosa frase do General Pires:
- Já salvamos o Brasil do comunismo em 64. E todos chamaram de “ditadura”.
Perto do que está ai, afirmo eu foi uma “amaciadora”. E continuou o General.
- Agora jovem amigo, as Forças Armadas, o Exército principalmente somente voltará quando O POVO CLAMAR POR ISSO.
Ah, mas você poderá me dizer:
-Eles estão despreparados, não tem armamentos, estão sucateados, os “milicos” estão morrendo de fome?
Mesmo? Tem certeza disso? Quem sabe as FFAAs,  não adotaram a mesma, porem mais inteligente estratégia do que era “inimigo antes” e que agora está no poder?
 


Que sabem eles não estão muito superiores do que você está pensando... E estão de olho em nossa AMADA PÁTRIA, MÃE GENTIL?
Muito mais do que você imagina.
Peço-te, como brasilês que sou; apenas isto:
CONFIE... Tenha fé.. Nossos Pais amado por Deus está protegido e na hora certa... No tempo certo... Teremos a resposta que tanto esperamos.
Pode pensar... Não dói!
E amar o Brasil... Também não...

 
 

Entendimentos & Compreensões
Homenagem a Policia Federal e AS FFAAs.
Leituras & Pensamentos da Madrugada
Análises profundas de nosso Amado Brasil