domingo, 15 de março de 2015


#AcordaBrasil:
 A Guerra do Conhecimento!
"... A juventude envelhece; a maturidade
é superada; a ignorância pode ser educada;
 a embriaguez passa. Porém a ESTUPIDEZ
ela é eterna...!"

Aristófanes - Filosofo Grego
 

                                 Observa-se na mídia, dita alternativa, - Sim, fora das mídias ditas oficiais por serem concessões – a grande desinformação do Brasilês.
                                Não posso cobrar deste amado povo (sim, amo o povo brasilês) que tenha uma cultura europeia com toda a (DES) educação acontecida nas ultimas décadas no ensino. E isto, obviamente, vai para o seio da família, e penetra de tal forma, tal como câncer, espalhando-se para todas as áreas e, consequentemente, contaminando a todos.
                              As pessoas não sabem, não tem informações de seu próprio país. Não vou falar da pontinha da lista gigantesca dos escândalos, da corrupção que existem em nosso país. Não. Mas tudo isso também gera mais desinformação.
                            O que a educação, esta que vem de casa, deve ter como principio, é o mesmo da família. Ou seja: Todos sabem quem é o pai, a mãe, os irmãos, os mais velhos, os parentes mais próximos, e o respeito que se deve ter galgado em valores que foram passados de geração para geração.
                              Em um Estado, como o Brasil, é exatamente a mesma coisa: Ou seja, quanto mais informações os “filhos” – brasileses – tiverem menos erros ocorrerão em todas as áreas. Inclusive, e principalmente, na política e na gestão do Estado.
                               Mas quem é o Estado. O Estado do Brasil é o povo brasilês. Somos nós. Não existe estado sem povo. O resto é apenas área física, territorial. Então a composição de toda esta União Federativa que são os estados, dos quais somos seus habitantes, formam o Brasil. Formam o Estado. Nada... Sim, eu disse NADA, é superior ao estado. Ou seja: Nada é superior a nós seus filhos. O POVO.
E o governo?
                        O governo tanto dos estados, que forma a União Federativa, que é o Brasil, quanto no Governo Executivo, desta união que é o Governo Federal, são nada mais nada menos que nossos funcionários.
Sim o Governo Brasilês é nosso funcionário.
Acima deles está o POVO. Nós, todos os Brasileses.
                      Nos últimos tempos vê-se muita “asneira” sendo dita por todo lado: por blogueiros, nas redes sociais, enfim gente que nunca nem ao menos se deu ao trabalho de dar uma lida no Manual do Brasil. A nossa Constituição Federal.
                       Para se ter uma ideia, segundo a Federação Mundial Automotiva, o Brasil está nos penúltimos lugares dos que não leem o Manual do proprietário. Ou seja, não conhecem o veículo que estão dirigindo. E tem carteira de habilitação? Por incrível que pareça, sim.
                        Nosso estado tem um Manual também, que é a Constituição Federal, órgão máximo dos deveres, direitos e obrigações de todo habitante deste país.

                               Quando não estamos satisfeitos com um Governo, geralmente utilizamos o Congresso Nacional. Mais precisamente a Câmara Federal dos Deputados- eles são nossos representantes-.
                               Quando sentimos que está representação também está “contaminada” nos ainda temos o poder sobre o Estado. Ou seja. Podemos pedir o impedimento da presidência da República. MAS, vejam bem: Somente se tivermos confiança absoluta no Congresso Nacional e no STF, as maiores instâncias de poder de um país.
E se não tivermos?
                               Então jamais podemos pedir o impedimento (todo mundo adora a estrangeirização de impeachment – originário do inglês) do atual governo, se não há confiança.
                                 Pois se o atual presidente sair, automaticamente assume o vice. No impedimento deste segue-se: Presidente da Câmara dos Deputados, Do Senado e do STF.
                             Quando todos estes setores estiverem “contaminados” somente podemos pedir uma INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL.
Ah, mas logo alguém diz:
- Nossas forças armadas estão quebradas, sucateadas... “Os milicos não tem mais nem comida”... Entre outras asneiras que circulam pelas redes sociais e depois, obviamente, passam de boca em boca”...



                 Só para você saber nas Américas, atualmente, somos a Segunda Força Armada em Poderio e Tecnologia somente atrás dos Estados Unidos.
                  Mas as FFAAs (sigla brasilesa para Nossas Forças Armadas) somente poderão intervir seguindo-se a sagrada Constituição nos art.°. 142 e 144.
E lá diz tudo o que esta acima.
Mas então o que eles podem fazer?  Ter Governo Militar?
Não.
                   Em 1964 já fomos salvos de governos comunistas com uma Intervenção Militar. Um Contra Golpe. Sim. Foi desferido um golpe contra o golpe comunista que estava já dentro das entranhas do governo Brasilês. O resto que te disseram: Apaga! É mentira da mais deslavada possível.
Mas então com tudo o que está ocorrendo por que as FFAAs não interveem?
                  Por que os donos do Estado somos nós o Povo. Nós é que temos que dar a Ordem.
 E como se dá esta ordem?
                           Enchendo as capitais de todo o Brasil com milhões de pessoas nas ruas. Parar o Brasil. E pedir: Forças Armadas intervenham e salvem nosso País.
De outra forma. Esqueçam. Parem de falar bobagens de impedimento presidencial que, na verdade, estão procurando um monstro para entrar em um convento. Simples assim.
                      Agora, por favor, leiam mais, estudem, perguntem se informem, mas PAREM de FALAR ASNEIRAS NAS REDES SOCIAIS.
Eis nossa estupidez da mais grosseira possível, sendo redundântico.
O Brasil somos nós o Povo. Nós somos o Estado.
O resto é consequência...
Pensem, por favor, ainda não dói...

  

Entendimentos & Compreensões
Exercício de Cidadania
De quem é cidadão e ama o Brasil