segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A jornalista e Historiadora
Rose Santarém é a Cronista
na Sala de Protheus:

 

Você Conhece Mônica?

 
“... Quando uma leitura eleva o espírito, inspira sentimentos nobres e de coragem, não se deve procurar outra regra para julgar a obra; é boa e feita  por mão de mestre...!”

 Jean de La Bruyére – Das Obras do Espirito –
 Caracteres Ou Costumes Deste Século – Cap.19 -pg 25
 
                             Mônica Raouf Bayeh. Guarde esse nome. Você ainda vai ouvir falar muito e bem.
                              No ano em que os maiores expoentes da literatura disseram adeus. Ela surge tímida, discreta, para ocupar o seu espaço.  A escritora e poetisa carioca autora de seis livros é virginiana, casada, mãe, professora e psicóloga.
                             De estilo confessionalista ela é amplamente conhecida nas redes sociais por seus versos e crônicas. Onde cada estrofe de um verso, cada parágrafo de uma crônica, veste como uma luva um momento que você está vivendo.
                                 Sucesso de público e de vendas, sua produção literária não para. O que antes só circulava na internet agora pode ser adquirido pelo site da Amazon, físico ou em e-book.  Estão disponibilizados os seguintes títulos: 101 Maneiras Para Sobreviver A Um Caso De amor; Preciso Dizer Que Sempre Te Amei;  Descartes Que Me Desculpe;  Mãe é Trabalho Artesanal; Quer Mesmo Ser Professor¿ e, especialmente, direcionado ao público adolescente Caraca!
                                   A sensibilidade e ternura com que Mônica escreve, nos leva a devorar seus livros. E você ainda vai se pegar recitando versos de seus poemas.
                                  Embora não confesse, seus livros são autobiográficos. Não há como ser diferente, já dizia Adélia Prado, o que você escreveu, de alguma forma já viveu. E são muitas as vivências de Mônica, alegres, tristes, com passagens bonitas, contundentes, sala de aula, consultório, família. Seus livros entrelaçam uma poesia com uma crônica, ambas sobre o mesmo tema, e nos deixam sempre com a sensação de quero mais.
                                     E para quem quer acompanhar de perto a produção desta escritora que também se aventura em textos jornalísticos. Ela sozinha, conforme seus colegas, fez mais que o sindicato pelos professores municipais do Rio de Janeiro, na divulgação dos desmandos do prefeito Eduardo Paes, em relação a categoria. Recomendo à visita aos sites: Pintores Famosos, Konvênios, Extra. Globo.com, e Época. Globo.com, blog de Ruth de Aquino, além de sua página no Face Book, Poesia Toda Prosa.

Vai lá confere, já dizia Lulu Santos, vamos nos permitir!

 Nota do Blog:
Esta crônica saiu em jornais e revistas do Norte do RS.

 
Rose Santarém
Historiadora e Jornalista
Passo Fundo – RS
rosetosanta@gmail.com