domingo, 21 de junho de 2015


  

O ESPELHO!


Olho-me no espelho

Um espelho diferente

Não é de vidro

Nem mágico.

Mas, me reflete...

Nesse estranho espelho vejo minhas formas de pensar

Angustiada, ele reflete minhas formas de sentir

Aterrorizada, vejo-o ecoar minhas formas de fazer

Perplexa e confusa

Ele faz um eco de mim.

Faz o eco dos mais bem segredos guardados.

E diante dele nua, 

Me sinto fraca e estranhamente forte.


Cada vez que ele me reflete

Me devolve com mais força a mim mesma

Cada vez que ele me reflete

Me devolve com mais profundidade minhas reflexões.

Com espanto vejo até minha espiritualidade refletida

E as angustias da minha alma

Os questionamento da minha vida.

Esse espelho terrivelmente reflete meu passado

Os caminhos que andei

As feridas que curei, a sabedoria que adquiri, os medos...

Cada fraqueza posso ver sem retoques

Cada fortaleza sem subterfúgios

Cada engano

Cada ilusão

Sem máscara....

Há o desejo profundo de dissolve-se nele

Forças maiores do que eu

Me fazem querer

aceitar o desafio e me unificar

E eu ser o espelho e o espelho ser eu.

Aterrorizada percebo

Que assim já é: Eu sou o espelho e o espelho sou eu.

E como o mito dos humanos esféricos

que se buscam pela vida.

Anima/Animus, Yin/Yang, Preto/Branco

Moeda única.


Tomar consciência desse espelho

me aterroriza até o profundo do espírito

Não posso mais mirar-me nele

Não posso mais tocar nele

Sob pena de me costurar

De me ligar para sempre

De me dissolver e me refazer.

Então o quebro com as ultimas forças

Faço em pedaços

E de mim pedaços faço

Digo não para mim

E me afasto desse espelho.


Longe a certeza que ele me reflete é maior

E a descoberta mais profunda

Que mesmo refletindo tantas coisas

Nunca refletiu a mais importante de todas: O amor que fez brotar em mim.

 

 

Entendimentos & Compreensões de

Candida Maria Ferreira da Silva

Assistente Social, Teóloga, Especialista em

Infância e Violência Domestica pela USP.

 - Rio de Janeiro – RJ -

Candida é autora do Diário
blogcontosrecontos.blogspot.com.br