quarta-feira, 25 de junho de 2014


Valéria Fernandes
De Goiânia é a Convidada
da Sala de Protheus:

"Eleições 2014!"     
- Muda Brasil-


"...Inquietude e descontentamento são as primeiras necessidades do progresso...!"
Thomas A. Edison

            
Nós, os 141.824.607  de brasileiros (aptos a votar segundo o TSE), estamos caminhando rumo às urnas, para um momento decisivo  para toda nossa nação através da escolha dos governantes que irão estabelecer regras, normas, leis para nossas vidas e administrar os impostos ou taxas, pagos por cada brasileiro.  A avaliação do eleitor  precisa ser de forma precisa e buscando a maior certeza possível na escolha do  candidato analisando, criteriosamente, não só o currículo como a vida do candidato.
Por exemplo:
Como a grande maioria já está na vida pública e/ou na politica verificar se responde algum processo de improbidade administrativa, (é o ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da Administração Pública, cometido por agente público durante o exercício de função pública ou decorrente desta), se – como parlamentar – têm presença assídua nas sessões, principalmente em votação de projetos (Importantes e emergenciais) quantos projetos e qual a importância, foram feitos durante seu mandato.
Analisar também projetos que foram feitos em favor ou não da população ou apenas para seu próprio benefício. Se fez parte, direta ou indiretamente de algum tipo de "associação criminosa" por desvio de verbas públicas ou tráfico de influências (consiste na prática ilegal de uma pessoa se aproveitar da sua posição privilegiada dentro de uma empresa ou entidade, ou das suas conexões com pessoas em posição de autoridade, para obter favores ou benefícios para terceiros, geralmente em troca de favores ou pagamento).
 Um projeto que era muito esperado e servia aos anseios de grande parte da sociedade, na atualidade, foi a "Redução da Maioridade Penal" (seria que a justiça poderia punir menores de 18 anos) que não foi aprovado no Congresso Nacional. Além disso, verificar nomes dos Deputados Federais e Senadores, que votaram contra e por quê.
Identificar de uma forma ou outra os candidatos que “compram” votos oferecendo quaisquer tipos benefícios em troca, sejam materiais ou monetários. Estes devem ser banidos das urnas, pois denota a falta de comprometimento com o cidadão e toda a sociedade.
 Candidatos que prometem projetos demagógicos (Discurso ou ação que visa manipular as paixões e os sentimentos do eleitorado para conquista fácil de poder político) ou utilizam palavras “mágicas” (tudo podem e tudo é possível... Bastando votar neles).
  Os projetos devem ser analisados pelos eleitores, se terão fundamentos e podem realmente serem executados. Será de suma importância assistir todos os debates, avaliando as propostas de cada candidato e posteriormente cobrar.
Verifique a veracidade dos "Marketólogos" (termo pejorativo no Brasil para definir coordenadores de campanha que fazem ou conduzem o discurso ou a imagem do candidato) responsáveis de cada candidato se são condizentes com a realidade ou apenas “propagandas enganosas” (Ela é aquela que dá informações falsas sobre as características, quantidade, origem, preço ou propriedade do produto ou serviço para convencer o consumidor a adquiri-lo. (art. 37 do Código de Defesa do Consumidor).
Avaliar a vida do candidato antes e depois que chegou ao poder. Aqueles que chegaram pobres e ficaram milionários as nossas custas, devem ser “banidos” através das urnas.
Verifico hoje, como cidadã, a desmotivação do eleitor brasileiro em relação ao "Cenário Político Nacional". O quanto está difícil escolhermos um bom candidato.
Será que, mais uma vez, vamos ter de escolher o menos “pior”?

            Mais quatro anos se não escolhermos o menos “pior” pode ser tarde para mudarmos os rumos do nosso País.
As redes sociais serão veículos e ferramentas muito importantes para utilizarmos e manifestar nossas opiniões e críticas.
Desta forma poderemos observar os "pretensos" candidatos que começaram aparecer nas redes somente nessa época.
Vamos, esta na hora de termos nosso Brasil de volta...
E depende de nós... Não de mágica ou milagre.

                                                  

Dos pensamentos e Percepções
De Valéria Fernandes
Consultora Política
Goiânia - Goiás