segunda-feira, 12 de maio de 2014


#SOSEducacao -

 
“... Consideração...!”
 
 
 “... Quem fala com o instinto fala com a profundidade
do homem e encontra respostas prontas...!”.
 Amos Bronson Alcott

                                             A noite no sul, foi fria. A manhã, após uma chuva torrencial durante a noite, encontrou o sol com 20 graus. Esta foi uma forma de ter notado o dia de domingo começando. A outra foi uma espécie de falta de consideração. O dicionário classifica que respeito pode ser o que juntamente demonstra um sentimento positivo de estima por uma pessoa ou para uma coletividade e também ações especificas e condutas representativas daquela estima.
                                          Respeito também pode ser um sentimento específico de consideração pelas qualidades reais do respeitado. No meu caso um vizinho. Sim. Pois a outra forma de ser acordado foi a voz esganiçada (esganiçado -  adj. (part. de esganiçar). Diz-se da voz muito aguda ou estrídula), de minha vizinha, em volume consideravel, tentando falar com seu companheiro que “aquecia” o motor de seu veículo como se fosse “despejar” as válvulas pelo cano da descarga, (mesmo sendo moderno e com injeçao eletrônica,o que nao necessita desta antiga tradiação de aquecer o motor) ou fazer o óleo, literamente, após aquecido, “subir” e lubrificar as partes móveis do motor. Com o acompanhamento, quase sinfônico, de três quadrupedes latindo sem parar como se fosse para ajudar.
                                       Moral especifica, de respeito são de importância fundamental para muitas culturas. Respeito por tradições e autoridades legitimas são identificadas por Jonathan Haidt como um dos cinco valores morais fundamentais compartilhados para um maior ou menor por sociedades diferentes e indivíduos diferentes. Respeito não deve ser confundido com tolerância porque tolerância não diz necessariamente nenhum sentimento positivo, e não é compatível com desprezo, o contrário de respeito A palavra respeito vem do latim respicere que significa olhar para trás. Isso evoca a idéia de julgar alguma coisa em relação ao que foi feito quando é valoroso ser reconhecido. Além, a noção de respeito implica que pode ser aplicado para uma pessoa que fez algo certo, mas também para qualquer coisa afirmada no passado como uma promessa, a lei, e assim por diante.
                                         Mas, lembrei-me de meu escritor predileto, Rubem Alves, e vim para a parte predileta da casa: a cozinha. Acendi o fogão a lenha, assim como a lareira ou aquecimento elétricos, formas fundamentais de se manter uma qualidade de vida sustentável. Com o fogo alto, e as chaleiras “chiando”, preparei um ótimo café, passado é claro, e vim deleitar-me com as palavras. A leitura que me leva a lugares mais conscientemente e respeitavelmente civilizados, onde sem ser cerimonioso, certos “protocolos” naturais são mantidos.
                                       Sou, por definição, noturno, meu rendimento, trabalho, raciocínio parece funcionar muito melhor no silencio da noite. Nem por isso incomodo meus vizinhos, faço todos os meus ditos “prazeres”,em um certo silencio ruidoso, restrito as quatro paredes onde estou. Seja, escrevendo, lendo, assistinto a algo ou escutando músicas clássicas. E estas estao em volume apenas para meus sensiveis ouvidos e nao para uma “vizinhança” toda associar-se aos meus afazeres.
                                    Mas com o sol tomando conta do céu que se tornou azul (como de brigadeiro) e a delícia de um café passado, passei para o jornal e ver as noticias (as boas, que são poucas) como formas de começar a manha dominical com consideração. Mesmo  a partir de mim mesmo.
 
 
A propósito: O dicionário classifica consideração como s.f. Exame atento, reflexão: isto merece consideração. / Respeito, estima, valimento, importância que se dá a alguém. / — S.f.pl. Razões, arrazoado, exposição fundamentada. // Levar em consideração, levar em conta, dar importância.
                              Quem sabe, minha vizinha, no próximo domingo, ao deixar “seu” companheiro sair tão cedo, tenha um pouco mais disso, que parece estar em falta no mercado, que a propósito, fica a 20 metros de sua casa e esta na prateleira dos artigos gratuitos.
Afinal, mesmo por consideração, pensar ainda não dói...
 P.S.: – para meus amigos, amados, todos, por consideração, consideradissimos, boníssima semana e sem estresses primitivos.

 Entendimentos & Compreensões
Nossos Processos de Civilidade
Publicado no Site do Grupo Kasal – Vitória – ES
www.konvenios.com.br/articulista
Em São Paulo
www.pintores.famosos.com.br/artigos
Em São Paulo – Nos Diálogos do Caderno
www.cadernodeeducacao.com.br