segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

“O Crime é a Única “OPÇÃO” para o ex-Detento! ”

#SOSEducacao:

“O Crime é a Única “OPÇÃO” 
para o ex-Detento! ”
“... O homem é definido como 
um ser que evolui, como o animal
é imaturo por excelência...!

Friedrich Nietzsche

Um desafio de políticas públicas que o Brasil ainda não enfrentou de verdade: a reinserção de presos e ex-presos no mercado de trabalho.
Desigualdades sociais e má distribuição de renda alimentam as altas taxas de delinquência e criminalidade em nosso país. Por isso, o sistema prisional brasileiro está no limite e vai explodir. Este fato, agregado ao preconceito, torna a continuidade no crime a única “opção” para o ex-detento.
Os governos não avançam em políticas públicas de reinserção porque a sociedade ainda vê com preconceito esta alternativa, considerando-a um “desperdício” de dinheiro público. Mas desperdício é deixar como está.
Não pode haver indiferença do Estado, enquanto cresce essa lamentável criminalidade. Se o cidadão fica responsável pela sua própria defesa, fazendo justiça por conta própria, com a privatização do poder de polícia, corremos o risco de uma guerra civil.
Enquanto as rãs coaxam, assiste-se à discussão pública em segurança em torno da implantação de penitenciárias de segurança máxima, em vários pontos do país. Enquanto se pensa na segurança máxima, a preocupação com a educação é mínima, reduzida a questões burocráticas.
Ninguém pode condenar a ideia de se ter penitenciárias com o rigor desejado, nesse eufemismo da “segurança máxima”. O que pleiteiam os educadores e os homens de bom senso é a solução de base, ou seja, escola para todos: educação máxima.
Os próprios governantes brasileiros reconhecem que, em virtude da incidência de muitos crimes, os governos são obrigados a dedicar grandes somas às polícia e ao sistema judiciário. Melhor fariam, é claro, se pudessem colocar esses recursos para melhorar o atendimento educacional, oferecendo uma solução de raiz, que falta ao Brasil.
Está na hora de mudar isso. A educação é o caminho, antes que o país afunde de vez na ignorância, miséria e violência.
#SOSEducacao... Para o professor Nelson Valente...Pensar não dói...


Dos Diálogos com Nelson Valente – 
Professor universitário, jornalista e escritor
Blumenau – SC = 
Arquivos da Sala de Protheus 

Obs.:
Tods as obras publicadas na Sala de Protheus
São de ainteira responsabilidade de seus autores.
O Editor!