quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Amor & Trabalho!

#PensarNaoDoi:

Amor & Trabalho!

                                         
“...Agua e azeite não se misturam...!”

Adágio.

Estamos vivendo de tanta “felicidade teatral” parafraseando o historiador Leandro Karnal – através das redes sociais que, ao menos parece, ninguém precisa de mais ninguém. Todos estão felizes e completos.

Mas vejam bem a frase em epigrafe do historiador: Tudo teatro.... Estamos nos transformando em verdadeiros mitômanos (Mentiroso compulsivo, mente com tanta convicção que é capaz de crer na própria mentira.).
Tudo sai com o “botãozinho do automático” ligadíssimo... Já acordam olhando no WhatsApp e assim passam o dia, entre uma rede e outra, entre uma curtição e outra... E vidas se esvaindo.

                                    
Marcos Casuo escreveu, no final de setembro uma crônica com o título- É possível trabalhar com o que você ama?

E fornece em seu artigo 10 “possíveis” sugestões para dar certo o tal de amor e trabalho.
É claro que ele dá uma ênfase especial ao amor ao trabalho e ao trabalho em si... O que não deixa de ter razão.
Vou ficar com a frase de Fernando Pessoa que se tornou um ditado para o povo: Água e azeite não se misturam!
Não temos cultura e educação firmes o suficiente para isso. Em meus mais de 15 anos de trabalho com Linguagem e Planejamento Estratégicos junto aos Recursos Humanos (outra palavrinha que nunca engoli “recursos humanos” – é insensatez”) de centenas de empresas do Sul do País, não vi nenhuma empresa em que um casal tivesse dado certo. Ou o casamento ia para as “cucunhas” como se diz no Sul – ou a empresa ia a falência.
Sim. Estou afirmando isso. Não fomos educados e não temos cultura suficiente para administrar dois negócios importantíssimos: O profissional e o emocional, neste caso uma relação. E falo de patrões à empregados. Não importa. A grande maioria das empresas já tem em suas normas: Nada de relacionamentos íntimos entre funcionários. Estão errados? Sim e não.
                                      

Sim, pois não sabemos administrar ambos ao mesmo tempo. E não, por que está na hora, como diz o ator, de criarmos uma consciência maior entre os seres.

Não podemos ser tão pequenos e mesquinhos a este ponto. Tudo bem que na última década, tudo foi “água abaixo”, em todos os níveis... Mas temos uma raiz europeia muito forte e de cultura mais forte ainda. O que precisamos é recuperar esta memória genética e não deixar influenciar em nossas relações.
Trabalho é trabalho e amor é amor. Linda frase, não é mesmo?
Sim perfeita. Mas que ainda não dá certo. E se você não confiar muito em si mesmo e em quem você ama, não faça o teste: pois um dos dois irá ser destruído.
E aqui você terá que decidir o que é mais importante: O trabalho ou o amor?
E não se preocupe que nestes tempos “líquidos” e escorregadios, entre os dedos, a grande maioria vai preferir o emprego, pois, certamente, dirá: “Amores tem aos montes por ai...! ”.
Triste ilusão. Empregos tem aos montes. O que falta é capacidade profissional e boa vontade de manter-se nele e com objetivos de crescimento que também não fazem parte de nossa cultura.
Já amor.... Se você o encontrar agarre-o com as duas mãos, finque os pés no chão e se possível coloque uma corda em volta para que não fuja...
                                           

Empreguinho? 

Tem até de varredor de rua... Ops.... Não tem não. Para isso precisa de concurso público, ou preencher uma ficha gigantesca em alguma empresa terceirizada... E para o amor não.... Se ele bateu... Só vai exigir que você suporte tudo o que vier dele... Do contrário.... Bem vou deixar para você mesmo descobrir,
Enquanto isso leia o artigo do ator citado quem sabe suas sugestões o ajude. Pois do contrário você ficará sem amor... E sem trabalho.
Ah, e não esqueça que se você não tiver um trabalho o “amor” também não aguenta não... Pois vai chegar a hora de umas “flores, jantarzinho, levar em casa”... Estas coisas todas de uma relação. Então mãos à obra... Bom emprego e um super amor.... Mas não misture por via das dúvidas.
Pensar não dói.... Já amar e manter um bom emprego... Aiiiiiii...



Entendimentos & Compreensões

Leituras & Pensamentos da Madrugada
Publicado originalmente no grupo Kasal – Vitória – ES.
http://www.konvenios.com.br/info/verArtigo.aspx?a-id=28252#.WCOm1_orKyI
Arquivos da Sala de Protheus