quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

#SerieVida:

A Menina e o Violino!

“...Maravilhas nunca faltaram ao mundo;
o que sempre falta é a capacidade de 
senti-las e admirá-las...!”

                                                                                                  Mario Quintana


Era uma linda tarde de sábado! Um dia lindo como há muito tempo não fazia! Céu azul sol escaldante, um dia perfeito pra sair e refletir sobe a vida.
Coloquei minha melhor roupa e resolvi dar uma volta na pracinha da cidade... Precisava sair andar um pouco talvez só sentar no banco da praça e ver o dia passar. Chegando próximo à praça vejo que tem um evento... Muita gente... Crianças correndo, brincando... Casais namorando...


Um lindo e doce casal me chamou atenção; já de cabelos brancos, sentados no banco da praça, de mãos dadas como se a reviver bons e lindos momentos da vida... Parei por alguns segundos e observei o brilho no olhar do casal que ali estava... Ao fundo ouço uma linda e doce musica que vinha de uma camarata de violinos... A música me encantava, resolvo me aproximar do palco... A música que vinha dos violinos me fazia viajar os pensamentos já não eram tão importantes assim... Fechei os olhos e me deixei levar...

Linda canção me enchia de alegria, ate que começaram tocar o "Poderoso Chefão" abri os olhos e atenta ouvia a linda musica quando no meio da camarata vi aquela pequena menina, linda, cabelos longos, humilde, tímida ali em meio a tantos músicos que tocava seu violino com sentimento e emoção não pude me conter, fiquei fascinada com tal sentimento que ela passava... Meus olhos se encheram da água em ver tão pequena menina tocar com tanta emoção...
Fiquei extasiada não conseguia tirar os olhos dela em ver que se fazia gigante ao som de seu violino... Vi que muitas pessoas sentiam a mesma emoção em vê-la tocar... Sua emoção contagiou a todos... Aquela pequena menina me fez ver que ainda poderia sonhar e me emocionar com pequenas coisas... Via nos seus olhos uma ternura e timidez que vencia ao tocar, se sentia grande e poderosa com a sua musica... A pequena menina pareceria viajar e nos levar junto com a sua musica... Tocava e encantava...


Ao final da apresentação vejo que tímida agradece ao aplauso e sai rapidamente do palco, não resisti fui atrás dela, parei em na sua frente e agradeci os lindos momentos que havia me proporcionado, perguntei se poderia abraça-la, ela pouco entendeu, mas não se negou a mãe dela então viu que em meio a tantas pessoas sua filha havia encantado um coração que como ela entendia a musica...
Abracei-a como carinho e disse “muito obrigada por me trazer à vida novamente”. Penso que ela não entendeu, mas não disse nada abaixou a cabeça como se estivesse com vergonha então disse a ela "Seu violino é mágico e sua emoção me contagiou, obrigada menina”... Despedi-me e sai com um sorriso como a muito não fazia.


Sentei no banco da praça e pensei... Será que era um anjo bom que havia estado em minha frente a me encantar com tão grande emoção a me dar resposta a muitas perguntas...
Fiquei ali por um tempo ainda sentado naquele banco, quando uma criança se aproxima e diz.
- Tia você esta feliz? E com um sorriso respondi.
– Sim, a tia está muito feliz hoje. E então ela me beijou e saiu correndo... Aquela tarde foi mágica, especial, pois por algum motivo algo me levou ate a praça onde pude ver que a vida é muito mais que eu imaginava que posso sonhar e viver momentos de êxtase sem ter medo.


Dei mais uma olhada, mas pessoas que ali estavam a sorrir, brincar, namorar... A vida pode ser suave é só a gente prestar atenção aos sinais que ela nos mostra a cada dia. 
Então entendi a felicidade daquele casal já de cabelos brancos de mãos dadas e vi que eles, apesar de tudo, eram felizes.
Foi um sábado onde tudo parecia cinza se tornou colorido. 
Aquela pequena menina e seu violino me mostraram isso.
Voltei pra casa diferente do que sai.
 
Vi que pra tudo existe uma solução e que a vida pode ser colorida sim.
Aquele sábado me fez retornar a vida!


 
                                                             Entendimentos & Compreensões
                                                  Da sensibilidade de Rosemeire Silvério
                                                                                         Tremembé -SP
                                        Apenas uma aprendiz da vida e apreciadora

                                                                        das palavras e poesia ...
                                                               rosemeire12.blogspot.com.br

                                                             Arquivos da Sala de Protheus.


Obs.:
Todas as obras publicadas na Sala de Protheus
São de inteira responsabilidade de seus autores.
O Editor