sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Prefácio:
Acomode-se em um sofá da Sala de Protheus
 para conhecer os pensamentos de minha amiga Karla Frank. Boa Leitura!



 Narcisos das Redes!

 by Karla Frank






...O bom de ser feio é que se alguém se apaixonar
por você saberá que não é pela beleza...!.”

Fabricio Narciso

Quem disse que Narciso não existe mais? Não existe um, mas milhões deles por volta do planeta e de todos os sexos e em todas as redes sociais.
Segundo a mitologia grega, “Narciso, filho do Deus rio-Cefiso e da ninfa Liríope era rapaz de singular beleza, no dia de seu nascimento, o adivinho Tirésias vaticinou que teria vida longa, porém, que jamais contemplasse a própria beleza. Certa vez, ao observar seu reflexo nas águas de um lago, apaixonou-se pela sua imagem, embevecido, ficou a observá-la até consumir-se, no lugar onde morreu Narciso, nasceu uma flor e deram a ela seu nome.”
Símbolo de vaidade excessiva, Narciso nunca esteve tão na moda como nos tempos atuais. A vaidade tem ultrapassado os limites da tolerância e normalidade. Alguns comportamentos antes aceitáveis nas mulheres, hoje estão a arrebatar também os homens. Comecei a analisar e percebi que são tão vaidosos e inseguros quanto as mulheres. Há interesse demais na própria imagem, de forma, que quase ninguém a passa de forma fiel sua atual imagem nas redes sociais. Fotografias infiéis, claro!

 Mulheres e homens postando fotos de 20 anos atrás como se fosse ontem. Uma amiga de um amigo do face book, (e ele deve saber de quem se trata ) postou foto de uma modelo caminhando em direção ao mar, biquíni branco , canga amarrada na cintura e chapéu e o que é pior, o meu amigo acreditou que era a criatura há 4 anos atrás ,,, E "curtiu" quando na verdade aquela foto não pertencia a tal senhora...

Não estou a condenar, mas tentando entender essa guerra absurda para impressionar que não conhecemos e que talvez jamais um dia cheguemos a conhecer.

Fiquei a questionar o porquê de aquela mulher mentir, afinal, trata-se de uma mulher madura e  experiente.
Suponho...
O  que a levou a se posicionar daquela forma? 
Quer agradar a quem? Um fantasma? Afinal um homem de carne e osso, poderá um dia conhece-la pessoalmente e ficará tremendamente decepcionado quando vir que aquela da foto não é ela, nunca foi e que mesmo há quatro anos seria impossível ela estar tão jovem.

E os homens? Estão no mesmo caminho do narcisismo inseguro e desenfreado das mulheres.
Mas, eu entendo a tal senhora, pois o mundo é ingrato com as mulheres... Mas e os homens? 
Eles também estão a sentir a ingratidão das cobranças de suas aparências em suas peles, pois andam também, e muito, esconder sua verdadeira  "identidade atual ".
O mundo erroneamente trata muito bem os mais jovens e mais belos, é um eterno "vale quanto pesa" em termos de aparência física... 

Vale mais quem pesa menos em idade.
 A vaidade absoluta atual, só perde para os afrodisíacos, Poder e  o Vil Metal.

Há um amigo que nunca muda sua foto no Twitter bom de ser feio é que se alguém se apaixonar por você saberá que não é pela beleza...
Fabricio, Narciso, que nunca mostra sua realidade atual.
Pergunto: Será que as pessoas não podem ser amadas pelo que são, e por sua forma física atual?

Nós estamos deixando que essa doença dizime a verdade, pois em vez de aproximar as pessoas em uma  interação mundial, ela criará mundos e mundos falsos onde pessoas se contentarão em "aparentar" e jamais se contentarão em "serem".

Quem ama em demasia seu próprio corpo, esquece-se naturalmente do espírito, em contrapartida, quem ama o espírito, jamais se esquece de seu corpo. 
Há uma necessidade doentia do ser humano de ser aceito pelos padrões que a sociedade impõe, mas quem faz a sociedade somos nós,,. E nós criamos o monstro de sete cabeças, e ao alimentarmos, nos tornamos reféns desse monstro e agora pegamos um preço... Bastante alto. O preço de sermos jovens eternamente, e não conseguindo essa proeza, padecemos boa parte de nossa existência!
Há gente demais fazendo cirurgia no corpo em vez de fazê-las na alma e em sua moral.
Homens com mulheres bem mais jovens exibindo-as como troféus, porém tendo que "pagar caro” pelo "privilégio”. Alguém já viu homem mais velho pobre sem poder, e sem dinheiro com mulheres jovens e belas? Algumas pessoas se sentem órfãos com o passar da idade, por não terem mais a juventude. 

Muitas criaturas presas a imagem veloz de suas existências terrenas, não percebem a passagem de seu próprio tempo e não evoluem, não crescem espiritualmente.
 A conclusão que chego é que estou cercada de sofredores (homens e mulheres) e cada dia conhecendo mais...

Os escravos da beleza e da juventude são sofredores, o que antes achava que eram apenas as mulheres, mas nitidamente se percebe a neurose em homens inteligentes, o que é uma pena!
 Esquecem que um dia, fatalmente teremos que entregar nossa máquina física as mãos do criador, e ela se tornará pó, e só o espírito sobreviverá sem silicone e sem músculo avantajados.
Encontrar um ser que valorize o outro pelo o que ele é como ser humano, e no estágio físico em que está , é como achar um alfinete no Mar Morto ! 

Porque Mar Morto?
Porque no íntimo todos estão mortos.  Mortos por suas próprias vaidades.
A vaidade exacerbada é letal!
Estão mortos e nem percebem...

Portanto, optando pelos valores morais e imorredouros da alma humana, não nos  afogaremos nas  águas turvas do egocentrismo  de um certo Narciso.


Dos Pensamentos,  Análises e Entendimentos da minha amiga de alma
e Professora Karla Frank – João Pessoa – Paraíba –
http://venenolunar.blogspot.com.br
www.Twitter.com/kfprofa