quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

#AcordaBrasil

Patrulhamento de Covardes!
- Atentando contra Reputações -


  

“... Quem poupa a vida do lobo
 condena à morte as ovelhas”...!”.

Victor Hugo
(uma das citações, introdutórias, do livro
Assassinato de Reputações do Dr. Tuma Jr.).


“Quando a flauta desafinar, a cobra vai picar o faquir”.  - Citado na página 15, do Livro Assassinato de Reputações, do Dr. Tuma Junior e do jornalista Claudio Tognolli -.

Mais uma tentativa de fazerem outra vítima. Não me comparo, nem teria condições para isso ao Dr. Tuma Junior. Mas posso fazer a comparação ao Prof. Ossami Sakamori, a escritora Danka Maia e muitíssimos outros que utilizam as Redes ditas “sociais”, os blogs ou sítios onde escrevem. Em sua grande maioria Jornalistas – com J maiúsculo-, professores, universitário, grandes escritores.

Há uma espécie de “patrulhamento covarde” sendo efetuado, não em nível de Dr. Tuma Junior, mas começando a atingir mais e mais brasileses inocentes que nada tem a ver com politicagem, com as máquinas públicas, sejam elas em que nível for.

Os hackers - o termo é importado da língua inglesa, e tem sido traduzido por decifrador (embora esta palavra tenha outro sentido bem distinto) ou aportuguesado para ráquer. Os verbos "hackear" e "raquear" costumam ser usados para descrever modificações e manipulações não triviais ou não autorizadas em sistemas de computação, estão agindo a mando de alguém.
Nas ultimas duas semanas, eu fui uma das vítimas: Através do Twitter, e mandando mensagens a pessoas, que considero amigos, de fato, não usuais.

Sim, ao menos poderiam ser mais inteligentes e utilizarem a língua portuguesa brasilesa como utilizo, ficaria um pouco melhor. Mas foram pobres, esdrúxulos, pois o que tem de inteligência na informática falta-lhes em moral e valores de seres humanos e, principalmente, de cidadãos.

Sou o mesmo Profe Borto desde que comecei a utilizar a internet em 2005, mais profundamente. Escrevo para vários sítios, jornais, blogs e tenho o nome e fotografia originais em tudo o que escrevo além da localização de onde me situo.

Podem buscar informações em sítios sérios, que possuem todos os meus dados e estão disponíveis como em www.konvenios.com.br/articulistas do Grupo Kasal, de Vitória, ES.
Podem buscar no grande sítio de Educação www.cadernodeeducacao.com.br em São Paulo. As editorias terão o maior prazer em fornecer informações e dados sobre os colaboradores.
Podem ainda buscar em www.pintoresfamosos.com.br de São Paulo.
Podem buscar no Portal Gazeta www.gazeta670.com.br, no RS.
Podem acessar meu blog www.epensarnaodoi.blogspot.com.br
Podem acessar https://www.linkedin.com e lá terão todos meus dados, inclusive currículo completo, localização, endereço.
Poderão buscar informações também, em  http://www.betomous.com . Mais revistas e jornais do RS, SC e PR.

Em todos estes lugares sou colaborador, sou voluntário, nada recebo para isso. Portanto não sou comprável, não tenho preço.
Minha honra e minha dignidade não estão a venda e nunca estarão.

Mas podem deixar de serem tão covardes e me mandarem e-mail, e pedirem o que não sabem, ele está em todos estes locais a disposição.

Mas podem também deixarem de serem cobras mandadas, amebas comandadas por inescrupulosos indivíduos que se não tiverem seus “chefes” politiqueiros por trás, morrerão de fome, pois não terão capacidade para mais nada, Somente servem para atentarem contra as reputações.

 Em Genealogia da Moral, Nietzsche afirma: "Nós, homens do conhecimento, não nos conhecemos; de nós mesmo somos desconhecidos." - Prólogo - § 01- "Perguntemo-nos quem é propriamente 'mau', no sentido da moral do ressentimento. A resposta, com todo o rigor: precisamente o 'bom' da outra moral." - Primeira dissertação - § 11.

Li, e reli o livro do Dr. Tuma Jr e do Jornalista Tognolli. Estou esperando a Parte II, que foi lançado nesta  semana, se não me engano no Rio de Janeiro.
E o que Ele – Dr. Tuma – respondeu no Roda Vida, programa de Televisão a alguns pseudos-jornalistas, que para mim são escrevinhadores pagos para terem feito perguntas que algum chefete (sim, subjetividade) de quinta categoria mandou, pois não está na personalidade visível de cada um que tenham tanta inteligência para fazerem perguntas com tantas burricias assim, concordo integralmente. Não deixaram terminar as respostas. Esta prática se aprendia na faculdade, no Jornalismo antigamente para fazer para suspeitos, bandidos e não para pessoas íntegras.

Diz mais o Dr. Tuma, na página 18: (...) Diz Niemöller, que esteve preso nos campos de concentração de Sachsenhausen e Dachau:

“Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu.
Como não sou judeu, não me incomodei.
No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista.
Como não sou comunista, não me incomodei.
No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico.
Como não sou católico, não me incomodei.
No quarto dia, vieram e me levaram;
já não havia mais ninguém para reclamar”.(...)




Portanto aos covardes e psicopatas (sim, sem consciência) que estão promovendo tais asnices com pessoas de bem, façam-no ao vivo.
Peguem meu endereço e venham dizer na minha cara. Enfrentem-me.
Sou Gaúcho, fui criado e educado segundo valores de tradições fundamentadas no respeito ao ser humano, ao outro e ao que ele representa.
Mas também fui ensinado que não se leva “desaforos para casa”.

Portanto chega de tolerância com quem não tem cérebro, com amebas manipuladas por seres mesquinhos, hipócritas, medíocres em tal nível que quando perderem os “carguinhos” ou as “famosas tetas do estado” morrerão de fome, pois não tem capacidade para mais nada a não ser obedecer à ordem de seres maléficos.

Poderão continuar difamando, atentando contra minha reputação.
Afirmo-lhes: Não vão conseguir. Nada tenho a perder.
Tenham um pouquinho só de caráter, de hombridade, de dignidade, sejam homens ou mulheres se comuniquem comigo, enfrentem-me.
Mas cobras corta-se a cabeça, sem elas o resto não tem serventia,

Poupem os cérebros privilegiados que este Brasil ainda tem ou aguentem as consequências.

Não vou procurar na justiça. O pior algoz que pode existir são suas próprias consciências.
Anotem: Fizeram aqui... Pagarão aqui!

Pensar não dói... Já fofocas são em nível baixo e de involução comprovada.

Por respeito aos meus amigos e em homenagem a honra e coragem do Dr. Tuma Jr, do Professor Ossami Sakamori, da escritora Danka Maia e tantos outros seres de cérebros privilegiados que tiveram suas reputações atentadas.


Entendimentos & Compreensões

O Brasil que não Conhece o Brasil